Lean Start Up e projetos pessoais

Lean Start Up e projetos pessoais

Não se assuste com o título desse texto. Se você nunca ouviu falar no termo Lean Start Up, a primeira coisa que deve saber é que se trata de uma expressão bonitinha em inglês. Normalmente utilizada para alguém te impressionar.

No caso de hoje esse alguém serei eu.

Vamos separar os termos dessa expressão para entende-la.

Start Up pode ter várias definições. Algumas comportam somente empresas de tecnologia ou em ambiente de grande incerteza. Outras são mais abrangentes. Mas todas fazem referência a projetos que estejam em sua fase inicial.

Lean é a tradução de magro em inglês. Diz respeito a como devem ser os custos de um Lean Start Up. Falamos, portanto, de projetos que demandem um investimento baixo.

Seu principal objetivo é testar o potencial de uma ideia antes de fazer investimentos maiores nela.

É algo parecido com um projeto piloto. Além de empreendedores, muitas empresas de grande porte têm olhado para seus investimentos por esse prisma.

No primeiro texto desse blog fiz uma referência ao conceito de opções reais. Expliquei ali que as vezes uma decisão a ser tomada no presente pode ser encarada como a compra de ter a possibilidade de uma escolha no futuro. O Lean Start Up é similar.

O que eu quero falar sobre esse tipo de projeto é breve e envolve duas palavras da descrição que escolhi.  Potencial e Investimento.

Alguém que olha de forma objetiva para um projeto tem como potencial o lucro e como investimento as variáveis tempo e dinheiro.  E quando o tempo vale muito, tem sido cada vez mais comum que Planos de Negócios muito detalhados sejam descartados para dar lugar a prática.

São as teorias de empreendedorismo cedendo e saindo um pouco do ambiente acadêmico. Pôr a mão na massa mantendo custos controlados pode ser mais interessante do que quebrar a cabeça em cima de hipóteses.

Mas o que esse texto tem a ver com projetos pessoais?

O potencial e investimento subjetivos de um projeto podem ser vistos da mesma maneira. Em vez de tempo e dinheiro investidos podemos falar em expectativas e energia a ser depositada.

E eu vou sugerir aqui a nossa realização pessoal como potencial ganho.

Ou seja, o conceito de testar se um projeto pode dar lucro antes de investir mais nele tem um equivalente. Seria o ato de reservar algumas de suas energias para experimentar-se em busca de realização pessoal.

Sim, eu sei, em algumas áreas e momentos da vida se sai melhor quem se joga sem testes e sem nada a não ser a sua própria loucura. Mas deixando filosofias de lado, a ideia desse texto é sugerir que a gente direcione um tanto de energias para nossa experimentação pessoal. Como empreendedores em nossa própria Lean Start Up. Sem precisar esperar uma expressão bonitinha cair no colo para nos mobilizar.

10 de julho de 2017

0 repostas em "Lean Start Up e projetos pessoais"

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os direitos reservados © 2017 - Laboratório do Valor.

Rua Lisboa, 273, Pinheiros, São Paulo – SP
E-mail: contato@labdovalor.com.br